Notícias

Descobertas duas novas espécies de plantas carnívoras na América Latina.

Reprodução / Divulgação Notícias: Descobertas duas novas espécies de plantas carnívoras na América Latina.

Descoberta duas espécies de plantas carnívoras inéditas na América Latina. Se você é um amante da natureza e está interessado em descobrir novas espécies, não pode perder esta oportunidade. Descubra as características únicas destas novas espécies, como seu habitat, alimentação e muito mais!


  • Publicado: abril 6, 2023
  • Atualizado: abril 6, 2023 4:11 am
  • Por: Redação

Tópicos Abordados:

    Publicidade

    Há alguns anos, pesquisadores equatorianos, estadunidenses e alemães descobriram duas novas espécies de plantas carnívoras em uma área com vegetação preservada no extremo sul do Equador. Esses vegetais pertencem à família Pinguicula, a segunda maior com plantas do tipo.

    Os pesquisadores nomearam as novas espécies como Pinguicula jimburensis e Pinguicula ombrophila. A P. jimburensis possui folhas levemente eretas e flores, e é encontrada concentrada entre gramas de vegetações arbustivas, principalmente em pântanos.

    Já a P. ombrophila é uma planta litófita que vive em meio a rochas, e gosta de áreas úmidas. “Ombrophila” significa “amor a chuvas”, o que faz bastante sentido, pois os cientistas descobriram que essas espécies foram localizadas em um ambiente caracterizado por garoa, ventos fortes e nebulosidade frequente.

    A família Pinguicula possui cerca de 115 espécies, com a América Latina sendo a região com o maior índice de suas plantas carnívoras. No entanto, poucas espécies são conhecidas, e muitas estão limitadas à Cordilheira dos Andes.

    Publicidade

    A América Central também tem uma grande diversidade dos tipos de Pinguicula.

    Com as duas novas espécies, a quantidade de plantas desse grupo, no Equador, triplicou. Antes, a mais conhecida era a Pinguicula calyptrata. Vale destacar que os vegetais carnívoros são adaptados para capturar algumas presas que servem para nutri-los.

    Para a ciência e à biodiversidade, a descoberta de novas espécies com essa característica é um grande ganho. Conforme os pesquisadores, as plantas podem ser analisadas com mais profundidade.

    Publicidade

    Agora, com as novas espécies descobertas, os pesquisadores podem entender melhor a diversidade e a distribuição dessas plantas na América Latina, assim como sua ecologia e evolução.

    É possível que outras espécies ainda desconhecidas sejam encontradas no futuro, o que reforça a importância da preservação e do estudo desses ambientes naturais únicos.

     

    Foto Imagem 1: Kabir Montesinos / Divulgação / Creative Commons

    Publicidade

    Foto Imagem 2: Álvaro J. Pérez / Divulgação / Creative Commons


    0 Comentários

      Deixe um comentário

      O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *



      VOCÊ CONHECE A LINHA DE PANELAS REDSILVER?

      Além de suas refeições não precisarem de óleo, a RedSilver também não solta substâncias tóxicas (PTFE e PFOA) durante o cozimento, como acontece com as panelas comuns. Muito mais saúde para você e sua família.

      CONFIRA JÁ!